Setorial de saúde do PT, membros reunem-se em reunião ordinária em defesa do SUS.

Em reunião ordinária ocorrida no dia 12 de outubro na sede do Diretório Estadual, o Setorial Estadual de Saúde do PT, coordenado pelo deputado estadual Carlos Neder cumpriu a seguinte pauta:  Analisou e aprovou o documento final da reunião do setorial nacional, formalizou um manifesto em apoio aos ataques feitos pela Rede Globo ao Secretário de Saúde de Guarulhos Carlos Derman, discutiu o programa  Mais Médicos do governo federal, o saúde mais dez e outras formas de financiamento.

Mas foram  os ataques constantes feito ao SUS, sobretudo às administrações que insistem em garantir saúde de qualidade como um direito aos cidadãos, que permeou as principais discussões entre os membros do setorial.

Rio Claro, Mauá, Guarulhos e a capital trouxeram depoimentos relevantes em torno destes ataques e o modo como governo do estado, organizações sociais e mídia conservadora pratica estes ataques, promovendo desgastes políticos, asfixiando financeiramente e desrespeitando direitos dos trabalhadores e usuários.

Houveram ainda relatos da XVII Conferência Municipal da Saúde, os avanços e retrocessos do movimento popular durante o evento, as deliberações e a importante retomada da parceria entre gestores, usuários e trabalhadores da saúde.

O deputado estadual Tito foi até a reunião para comunicar aos presentes que está indo para a Prefeitura de Sumaré, onde vai assumir como prefeito e se comprometeu a realizar um governo onde a saúde pública seja de qualidade seguindo os princípios do SUS. O deputado fez ainda um alerta com tom de denúncia, relatando que desde que tornou-se público a sua posse, ele vem recebendo diariamente telefonemas da Organizações Sociais oferecendo instalarem-se em Sumaré.

O financiamento da saúde foi uma das saídas apontadas pelos presentes para minimizar o avanço da privatização na saúde, com a garantia de  recursos os governos teriam mais segurança para gerir funcionários e estruturas locais, desvinculando-se da presença ostensiva das OS nos municípios.

Para a próxima reunião do setorial ficou a sugestão do dia 14 de dezembro, às 10 horas na sede do PT, para a mesma serão convidados Arthur Chioro e Gilson de Carvalho para discutir com os membros do setorial diversos temas apontados pelos presentes. Financiamento da saúde, Saúde mental e Eleições 2014.

 

 

Deixe uma resposta