Reportagens exibidas pelo Jornal da Band, em 21 e 23 de agosto, mostram um relatório da Polícia Federal sobre a Operação Castelo de Areia, que investiga um amplo esquema de propinas nos contratos do Metrô em São Paulo.

No relatório aparecem os valores de R$ 194,3 mil a serem pagos para o presidente do Metrô, Luiz Carlos Frayze David; R$ 55 mil para o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Robson Marinho; e R$ 50 mil para membros do grupo de trabalho, condicionado a aprovação do parecer ou do preço pela engenharia. Confira a reportagem no link abaixo:

 A reportagem  do dia 23 de agosto também mostra que investigações da Polícia Federal e do Ministério Público indicam que o suposto desvio de recursos em obras do Metrô e do setor elétrico em São Paulo passaria pela Casa Civil do Governo do Estado. Confira a reportagem no link abaixo:

Deixe uma resposta