O salário dos profissionais municipais da Saúde de São Paulo será elevado em até 86%. Lei também cria a carreira de obstetriz e prevê a alteração do regime jurídico dos empregados públicos da Autarquia Hospitalar Municipal e do Hospital do Servidor
De Secretaria Executiva de Comunicação
O prefeito Fernando Haddad sancionou nesta quinta-feira (15) a lei 16.122, que determina a criação do novo Quadro da Saúde da Prefeitura de São Paulo. A medida, que beneficiará mais de 30 mil servidores, vem ao encontro à reestruturação das carreiras do funcionalismo municipal e à política de valorização de seus funcionários. A leieleva em até 86%o salário dos profissionais municipais da Saúde. O texto foi publicado na edição desta sexta-feira (16) do Diário Oficial da Cidade.

Deixe uma resposta