Ocorre no próximo dia 11 de abril, terça-feira, uma audiência pública promovida pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa (Alesp) para discutir a situação da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), ligada à Secretaria de Estado da Saúde (SES). A reunião, solicitada pelo deputado Carlos Neder (PT), deve reunir representantes do órgão estadual e de entidades de saúde e do meio ambiente para debater o combate às arboviroses, que são as doenças causadas por vírus transmitidos por insetos, como o mosquito responsável pela transmissão da Dengue, Zika, Chinkungunya e Febre Amarela. A audiência será realizada às 10h, no Auditório Paulo Kobayashi da Alesp.

No último dia 16, a Secretaria de Estado da Saúde confirmou a oitava morte este ano por Febre Amarela. Em todos os casos registrados o indício é de que a doença foi contraída fora de áreas urbanas. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo online, o Ministério da Saúde confirma que não há registro de transmissão urbana da doença, no entanto, a Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que esse risco não pode ser descartado.

A reunião deve abordar ainda as condições de trabalho e de saúde dos trabalhadores que atuam no combate ao mosquito e a interlocução da Sucen com os municípios, uma vez que estes, dentro do Sistema Único de Saúde tem uma importante função executiva, mas também querem e devem participar do planejamento das ações.

Além de trabalhadores do órgão e representantes de entidades de saúde, foram convidados para participar da audiência o secretário de Estado da Saúde, David Uip; o superintendente da Sucen, Dalton da Fonseca Junior; a diretora do Centro de Vigilância Epidemiologica, Regiane de Paula; o presidente do SindSaúde, Gervásio Foganholi; o presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems), Carmino Antônio de Souza; a secretária de Meio Ambienteda  CUT – SP, Solange Cristina Ribeiro; o secretário de Saúde do Trabalhador da CUT – SP, Wagner Menezes;  o promotor de Justiça e Coordenador-geral do Fórum Paulista de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos, Gabriel Lino de Paula Pires;  a secretária de Finanças do Sindsep, Paula Leite;  e o defensor público do ABC Marcelo Carneiro Novaes.

Deixe uma resposta