Por Vilcilene Fernandes

Em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (14/09), o deputado Carlos Neder (PT) alertou sobre o risco de desmonte do Sistema Único de Saúde (SUS), por conta das medidas encaminhadas pelo governo Michel Temer ao Congresso Nacional para o ajuste fiscal. O deputado citou o impacto da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241/2016, que congela os gastos na área da saúde, entre outros setores. “Nós, que sempre defendemos a reforma sanitária e a seguridade social, sabemos que essa medida implicará em restrições crescentes na oferta de serviços e ações de saúde ou assistência social, e isso não podemos aceitar”, destacou.

O parlamentar lembrou que o Conselho Nacional de Saúde está convocando os conselhos estaduais e municipais e movimentos populares a se unirem em torno do calendário de manifestações em defesa do SUS. Neder destacou a mobilização chamada para o dia 19 de setembro com intuito de denunciar os retrocessos na área da saúde e na previdência social.

Além disso, Neder anunciou a realização do Ato Público em Defesa do SUS, que será realizado no próximo dia 20, a partir das 9h, no auditório Franco Montoro da Assembleia. O evento tem a iniciativa da Frente em Defesa do SUS, que reúne cerca de 30 entidades ligadas à área da saúde, e conta com o apoio do Fórum Suprapartidário em Defesa do SUS e da Seguridade Social e das Plenárias Estadual e Municipal de Saúde.

Clique aqui para ler o pronunciamento na íntegra.

 

Publicado em: 31 de agosto de 2017

Deixe uma resposta