O deputado Carlos Neder (PT) participou de reunião com professores da Universidade de São Paulo (USP) para debater a situação do orçamento das universidades públicas estaduais. O encontro foi promovido pela Associação dos Docentes da USP (Adusp), nesta terça-feira (12/12). De acordo com Neder, o debate passa pela questão da lógica adotada pelo governo estadual na priorização dos investimentos e gastos públicos. “Todo ano quando chega nessa época de votação do orçamento a gente vê a mobilização de diferentes setores na Assembleia Legislativa. No entanto, é uma ilusão pensar que tal presença e pressão, ou que alguns acréscimos conseguidos possam realmente alterar a lógica do orçamento, que está dada na visão que esse governo tem de Estado, de reforma do Estado e na atual relação estabelecida entre Executivo, Legislativo e sociedade”.

No encontro também foi abordado o problema do Hospital Universitário (HU) da USP, que vem enfrentando um processo de desmonte, sem que universidade ou governos assumam suas responsabilidades pelo importante equipamento de saúde pública e como hospital de ensino. Para Neder, o que o governo do Estado está querendo fazer com o HU é uma espécie de projeto piloto para implantação da gestão dos hospitais universitários por meio da atuação das organizações sociais. Uma outra sugestão que poder ser pleiteada é que o Estado assumisse a folha de salários do HU. A questão neste caso estaria relacionada com a perda de autonomia da universidade para fazer a escolha e a contratação dos profissionais.