Site do CROSP

Membros do Grupo de Trabalho de Cirurgiões-Dentistas Servidores do Estado e do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) voltaram a solicitar audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) sobre a equiparação salarial entre cirurgiões-dentistas e médicos servidores públicos.

Em 26.04.2016 o tema deve integrar a pauta da Comissão de Saúde da Alesp, o que vem sendo prometido desde o ano passado. Recentemente, a equiparação também foi destaque na divulgação do Plano Estadual de Saúde 2016-2019, na Casa de Leis.

Na oportunidade, a Conselheira dos Conselhos Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) e Estadual de Saúde (CES) e também coordenadora do Fórum dos Conselhos da Área da Saúde (FCFAS), Maria Lucia Zarvos Varellis, solicitou atenção especial ao assunto e teve o apoio do deputado Carlos Neder.

Hoje, Kátia Vassalo, membro do GT de Cirurgiões-Dentistas Servidores do Estado, que também participou do encontro da última semana, esteve em contato com o gabinete do parlamentar para solicitar a audiência pública.

“Estivemos no dia da apresentação do Plano Estadual e conversamos com outros deputados para solicitar o apoio. Hoje falamos com a assessoria do deputado Celso Giglio que indicou novo contato com o deputado Neder para agilizar a data da audiência”.

No dia 18 de abril, o GT se reuniu na sede do CROSP com o Secretário Marco Manfedini, para definir novas ações. Na oportunidade, definiu-se pela ida à ALESP.

Há mais de três anos, o GT e o CROSP buscam aprovação de Projeto de Lei complementar que prevê a equiparação salarial. A classe odontológica entende que a atuação profissional de ambos é similar e, por isso, os salários deveriam ser correspondentes, como acontecia no passado.

Publicado em: 22 de abril de 2016

Deixe uma resposta