O SR. CARLOS NEDER – PT – Sr. Presidente, Sras. Deputadas e Srs. Deputados, senhoras e senhores amigos e colaboradores desta Casa, telespectadores, internautas, realizei, em conjunto com o deputado Adriano Diogo e a vereadora da Capital Juliana Cardoso, uma sessão em homenagem ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas do estado de São Paulo.

O IPT completa 114 anos de existência, tendo por missão dar suporte tecnológico ao setor produtivo público e privado e subsidiar a formulação, implementação e avaliação de políticas públicas em diferentes áreas.

Atualmente, o IPT atende a cerca de três mil empresas de diferentes portes, melhorando seus produtos e processos. Desenvolve projetos de inovação e auxilia na definição de políticas públicas em âmbito federal, estadual e municipal. A instituição é reconhecida no mundo todo, pela excelência do trabalho que desenvolve.

Entretanto, é preciso avançar mais, é preciso que o Instituto de Pesquisas Tecnológicas tenha mais presença e mais impacto na sociedade, desenvolvendo políticas, tecnologias e inovação.

Na audiência que realizamos no salão nobre da Câmara Municipal de São Paulo, contamos com a participação do corpo dirigente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas. Lá esteve, representando o seu corpo dirigente, o Dr. Fernando José Gomes Landgraf, que é o diretor-presidente do IPT. Contamos também com a honrosa presença do Dr. José Roberto Cardoso, diretor da Escola Politécnica da USP, e do secretário municipal do Trabalho e Empreendedorismo, também presidente do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, vereador Eliseu Gabriel, além do deputado federal Newton Lima, do deputado estadual Adriano Diogo e da vereadora Juliana Cardoso. Além disso, falando como representante dos profissionais do Conselho de Administração do IPT e sendo ela presidenta do Conselho de Representantes dos Empregados do instituto, tivemos a participação da pesquisadora Ros Mari Zenha.

Sr. Presidente, considero importante que todo o estado de São Paulo conheça o teor do pronunciamento feito pela pesquisadora Ros Mari Zenha, em nome do conjunto dos técnicos, profissionais e trabalhadores do Instituto de Pesquisa Tecnológica, razão pela qual solicito que o inteiro teor do pronunciamento feito por ela seja publicado em “Diário Oficial” como parte anexa deste pronunciamento.

Gostaria de dizer que, ao fazermos a defesa desses 114 anos do Instituto de Pesquisa Tecnológica e ao projetarmos o seu futuro, o que desejamos é que haja um fortalecimento dos institutos públicos de pesquisa no estado de São Paulo.

Apresentei um projeto de resolução na Assembleia Legislativa, criando uma Frente Parlamentar em Defesa dos Institutos Públicos de Pesquisa. Este projeto foi apresentado no ano de 2005 e, ao retornar a esta Assembleia Legislativa, observo que ele tramitou muito lentamente. Vejam que este projeto é o de nº 30 de 2005 e na  sua justificativa elencamos quais são os institutos públicos existentes hoje no estado de São Paulo e abordamos a necessidade de termos uma frente parlamentar que, com caráter suprapartidário, atue no sentido do fortalecimento desses institutos.

Sr. Presidente, solicito que cópia deste pronunciamento seja encaminhada ao presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Samuel Moreira, assim como a todos os membros que compõem a Mesa Diretora da Assembleia, para que agilizemos a instalação desta frente parlamentar na Assembleia Legislativa e que todos nós somemos esforços para que ela funcione o mais rapidamente possível.

Muito obrigado.

Deixe uma resposta