frente universidades

Quais os principais desafios das universidades públicas nos dias de hoje e como enfrentar os problemas de financiamento do ensino superior público? Para debater a situação das universidades federais e institutos de tecnologia com sede no estado de São Paulo a Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Públicas, coordenada pelo deputado estadual Carlos Neder (PT), realiza nesta quinta-feira (18), às 1oh, a sua próxima reunião de trabalho com a participação dos reitores das Universidades Federais de São Paulo (Unifesp), de São Carlos (UFSCar) e do ABC (UFACB) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

A reunião será realizada no Auditório Franco Montoro, localizado no andar Monumental da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Também foram convidados a participar do evento os ministros da Educação, da Fazenda e do Planejamento, mas até o momento da publicação dessa matéria a presença de representantes do governo federal interino não havia sido confirmada.

Neste momento em que o Ministério da Educação anuncia o corte de 45% dos recursos previstos para investimentos nas universidades federais, a discussão sobre o financiamento do ensino superior público se torna ainda mais urgente. De acordo com Carlos Neder, a preocupação é com a manutenção da qualidade do ensino e da produção acadêmico-científica, além da expansão do acesso ao ensino universitário com a garantia de permanência dos estudantes.

No cronograma de trabalho da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Públicas no Estado de São Paulo para este semestre ainda estão previstas pelo menos outras duas reuniões: uma para tratar sobre os hospitais universitários públicos em SP: realidade e gestão; e outra sobre a questão do ingresso, recepção e permanência dos alunos nas universidades públicas no Estado.

Deixe uma resposta