Da Redação ALESP
– Foto: Marco Cardelino
 
Carlos Neder (à dir. na ponta da mesa) coordena reunião em defesa das undações e institutos de pesquisa

Coordenada pelo deputado Carlos Neder (PT), a Frente Parlamentar em Defesa dos Institutos Públicos de Pesquisa e das Fundações Públicas do Estado de São Paulo reuniu-se nesta sexta-feira, 6/3, para avaliar o ato por ela realizado em 3/3 e definir novos passos dessa Frente, que deve ser extinta em 15 de março, com o início da nova legislatura.

“A mobilização causou impacto significativo na Assembleia. Não é comum ocorrer algo assim tão forte em período de fim de legislatura”, avaliou Neder.

O deputado considerou ainda que a mobilização se acentuou com o caráter de resistência em relação à proposta de fusão, referindo-se aos projetos de lei 38 e 39, ambos de 2015 e em tramitação na Casa, que extinguem a Fundação Prefeito Faria Lima/Cepam e a Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) e preveem que suas atribuições sejam transferidas para um órgão da administração direta, a ser criado por decreto do Poder Executivo.

“Nossa preocupação é que as mudanças em curso hoje nas fundações ocorram também nos institutos de pesquisa”, ponderou Neder.

Presentes à reunião, representantes de fundações e institutos de pesquisa avaliaram que o ato de 3/3, em que compareceram à Assembleia Legislativa para divulgar suas reivindicações entre os deputados, foi um momento de união de forças e deve incentivar a formação de uma agenda comum às diversas instituições, sem esquecer de suas especificidades.

Foram discutidos ainda possíveis caminhos de atuação, como a criação de uma nova Frente a partir de 15 de março. “A nova Frente pode ser um mote interessante para procurar os deputados da nova legislatura e pedir sua adesão”, avaliou o parlamentar.

Outras possíveis estratégias incluem acompanhar de perto a tramitação dos projetos de lei 38 e 39, junto às comissões permanentes da Casa, reivindicar um espaço de atuação junto ao Instituto do Legislativo Paulista (ILP) e dar sequência ao processo de esclarecimento dos deputados sobre o trabalho das fundações e institutos públicos de pesquisa.

Representantes de trabalhadores de fundações e institutos de pesquisa participam do debate sobre a questão
Trabalhadores das fundações e institutos de pesquisa do Estado durante reunião da Frente
Carlos Neder, em primeiro plano: “A mobilização causou impacto significativo na Assembleia”

 

Deixe uma resposta