O número de vagas para formação de profissionais de saúde mais do que dobrou em menos de um ano no País após o decreto federal 9.097, que regulamentou o ensino a distância. Em fevereiro deste ano, existiam 274.600 vagas disponíveis e, em setembro, esse número saltou para 512.400 vagas. As novas regras deram mais flexibilidade aos cursos a distância, excluindo a necessidade de acompanhamento e fiscalização dos polos de ensino onde são atendidos os alunos.

 

Ouça aqui reportagem de Nahama Nunes para a Rádio Brasil Atual.