Diário Oficial
Monica Ferrero
Foto: José Antonio Teixeira


A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa realizou nesta terça-feira, 12/8, audiência pública para analisar propostas visando à adoção de equiparação salarial em âmbito estadual entre as categorias profissionais de cirurgiões-dentistas e médicos.
Estavam presentes representantes de diversas associações da categoria, além das de médicos e farmacêuticos, que se solidarizam com o pleito.
Os cirurgiões- dentist as funcionários públicos do Estado perderam a equiparação salarial que tinham com a aprovação do plano de cargos e salários dos médicos, em 2013, lembrou Marco Antonio Manfredini, do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo. Agora, os dentistas querem a aprovação de projeto de lei complementar que acabe com essa disparidade, pois as carreiras são similares, e também a criação de plano de carreira.
Desde 2013 já houve sinalização, por parte do governo do Estado, de que há intenção de enviar este PLC. Uma vez na Assembleia, os cirurgiões-dentistas pretendem requerer sua tramitação com urgência. Manfredini ressaltou que, no Orçamento do Estado para 2015, deve ser incluída uma rubrica específica para essa equiparação, que deve ser expandida para aposentados e pensionistas.
Da Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas (ABCD), Sílvio Jorge Cecchetto defendeu a valorização da saúde bucal nos serviços públicos, que sofre com o descaso do governo. Maria Lúcia Portes, do Grupo Técnico de Cirurgiões-Dentistas Funcionários e Servidores do Estado, somou-se às reivindicações de valorização do servidor público da área odontológica. “O dentista não é apenas a pessoa que faz obturações”, disse Maria Angela Marmo Favaro, da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD).
Há diversas patologias que podem ser diagnosticadas por esse profissional, a quem cabe ainda o cuidado estético, falou.A presidente da comissão, deputada Telma de Souza (PT), solidarizou-se com os pleitos da categoria, assim como os deputados Heroilma Soares Tavares e Luciano Batista (ambos do PTB), além de Adriano Diogo, Gerson Bittencourt e Alencar Santana (estes do PT). O deputado Carlos Neder (PT), que também conduziu a audiência, citou as entidades e os representantes de 18 municípios presentes.
Estiveram ainda na audiência os deputados Aldo Demarchi (DEM), Welson Gasparini (PSDB) e Itamar Borges (PMDB).

 

http://diariooficial.imprensaoficial.com.br/nav_v4/index.asp?c=12&e=20140813&p=1

Deixe uma resposta