Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo prometem realizar grandes atos pelo Brasil para pressionar o Senado a manter a ordem democrática no País

Por Agência PT de Notícias
O 1º de maio é historicamente uma data de luta dos trabalhadores pelo mundo. Neste ano, no Brasil, as manifestações terão um componente especial: será também o dia em que brasileiros sairão às ruas em defesa da democracia. Boa parte dos atos terá a coordenação da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo, com a intenção de pressionar o Senado Federal a votar pelo encerramento da tentativa de golpe contra a presidenta Dilma Rousseff.Além das entidades, dezenas de sindicatos e organizações sociais promoverão eventos de norte a sul para bloquear o julgamento inconstitucional autorizado pela Câmara dos Deputados contra Dilma. Em reunião em 19 de abril, o Diretório Nacional do PT aprovou uma resolução em que repudia “o golpe contra a Constituição” e conclama a população para as jornadas de luta no Dia do Trabalhador.“Um evento simbólico e incentivador nessa direção pode ser a realização de jornadas de luta em todo o País, culminando com um 1º de maio unitário de repúdio ao golpe, defesa da democracia e de bandeiras da classe trabalhadora”, diz o documento.Em artigo publicado nesta segunda (25), o presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirma que a reação ao golpe precisa ser intensificada e se ampliar aos locais de trabalho, escolas, periferias e favelas, com manifestações em todas as cidades do Brasil.“Sob a liderança do ex-presidente Lula, vamos continuar combatendo o golpe, aqui e no exterior. Novas mobilizações e outras formas de luta serão desfechadas nos próximos dias, antecipando a grande jornada democrática do 1º de maio. Vigilância, mobilização e luta, eis as tarefas a que a militância petista está convocada para deter o golpe”, diz Rui Falcão.

Os locais e horários das manifestações em todo o Brasil serão anunciados nos próximos dias. Confira a agenda de mobilizações já anunciadas.

Em São Paulo, o ato democrático acontecerá no Vale do Anhangabaú, a partir das 10h.

 

Deixe uma resposta